mulher tendo a calcinha tirada

Se você acha que sexo é tudo igual a qualquer momento, primeiro, você não conhece as acompanhantes de Brasília, isso é uma realidade irrefutável. Cada mulher do catálogo é capaz de despertar diferentes sentidos e desejos dos homens. Um papai e mamãe com uma mulher não será, de forma alguma, igual à mesma posição com a mesma mulher. Por isso o sexo é algo inexplicável. Assim sendo, existem alguns tipos de transa que você deve aplicar na vida!

Intensidade: bem lento!

Vamos começar num extremo. O sexo bem devagar, aonde na hora da penetração o cara deixa a mulher sentir cada centímetro, certamente é um sexo que você deve fazer sempre. Se você nunca tentou, tente, as sensações são exploradas, os cheiros são melhores percebidos, a ofegância é revelador. A intensidade faz parte do sexo sim, mas as vezes é fundamental. Principalmente na hora de gozar, reduza o ritmo e experimente!

Rapidíssima e feroz!

Sexo com preliminar é foda! Mas quando o tesão extrapola todos os níveis "aceitáveis" certamente você irá querer experimentar aquela transa adolescente, aonde a única coisa que você quer mesmo é meter fundo, numa posição gostosa e num lugar inusitado. Rapidinha pode ser no banheiro, cozinha, na rua, na escada. Experimente!

Domine e seja dominado!

Não use apenas um expediente. Quem domina sempre, pode uma hora ser dominado. É essa troca que faz a coisa ficar com mistério, ficar com graça de verdade. Procure variar nisso. É um tipo de sexo 2 em 1. Tem que rolar. Ah, e nem vale dizer que todo sexo é assim, porque as vezes as coisas são frias e sem domínio de nenhuma das partes!

Luzes acesas!

Acredite, é MUITO normal as pessoas transarem em escuro. Não é possível que você ache normal transar sempre sem ver o corpo da sua parceira. Não é possível ser sempre assim. Aliás, essa deveria ser a exceção, mas...Nunca tentou? Então tente!

Selvageria!

Não há como passar uma vida inteira sem tentar um sexo selvagem. Algo meio insano, com direito a rasgação de roupas e até mesmo umas marcas meio roxas no fim da transa. Assim, se você não testou, teste! Faça! Meta!