massagem orgasmática

O orgasmo feminimo, pasmem, em pleno o século XXI, ainda é tabu. Sim, quando quase metade das mulheres sexualmente ativas simplesmente não tiveram orgasmo. Esse, naturalmente, não é um problema para as acompanhantes de Brasília. Essas são formadas na escola da satisfação total de todos os envolvidos no sexo. Mas vamos direto ao ponto. Que porra é essa de meditação orgasmática?

A meditação orgasmática é a mistura de masturbação sem um conceito direto e relaxamento, meditação. O interessante é que ele é praticado por duas pessoas, ou seja, um casal pode praticar sem problemas. A técnica envolve a mulher nua da cintura pra baixo e o seu parceiro estimula ela com luvas e lubrificante. Não, ele não vai partir direto para o clitóris e finalizar quando ela gozar. O ideal é entender a proposta. Nesse caso, ela vai experimentar as sensações de ser tocada. Ela não vai forçar um gozo. Ela vai sentir. Durante 15 minutos ele vai conhecer testura, tamanho e outros atributos da vagina da sua parceira. É uma forma de conhecimento e autoconhecimento para potencializar tudo.

Técnica já tem mais de 15 anos!

Apesar de todos os problemas envolvendo sexualidade, a verdade é que muitos não tem interesse de aprender mais. Quem desevolveu a técnica foi uma terapeuta da Califórnia chamada Nicole Daedone. Isso no ano de 2001. Ou seja, há muito tempo muitas mulheres já poderiam entender como ter prazer verdadeiro. É preciso entender que o principal objetivo do MO não é provocar orgasmo na mulher e sim promover o conhecimento sobre o próprio corpo, o que é o grande problema.

Diante dessas dicas, porque não tentar algo diferente com sua parceira?