Homem masturbando

Quando aquilo que você ama fazer, sempre ouviu que é bom pra saúde pode, na verdade, ter um limite é um verdadeiro balde de água fria. A punheta, tão amigo do homem a aliviar o estresse e até mesmo controlar a ansiedade de uma transa desejada como com uma das acompanhantes de Brasília. É o famoso treino é treino, jogo é jogo. Entretanto, masturbação demais tem consequências e você precisa saber disso.

Gozo mais fraco

Quando a punheta é demais você homem vai perceber que o semem começa a sair menos, ou seja, se você costuma tocar mais de duas punhetas, você vai ter menos esperma e até mesmo vai sentir menos prazer no orgasmo. Isso poderá até mesmo te atrapalhar no sexo, com possível falha na ereção. No semem falta tempo para o corpo produzir mais gozo e até para se recuperar.

Sentimento de culpa

A masturbação, nesse caso qualquer gênero, pode provocar sensação de culpa. Isso é algo que precisa ser tratado. Relaxar e cobrar-se menos é um passo inicial.

Calvice pode estar ligado à punheta

Você tem tendências a perder cabelo? Saiba que tocar muita punheta pode acelerar esse processo, da mesma forma que reduzir pode ajudar a resolver um pouco deste processo. Lembre-se que tudo em excesso pode não ser tão bom.

Subterfúgios para problemas

Algumas pessoas têm o hábito de descontar problemas na masturbação. Isso pode ser um esconderijo perigoso. Problemas financeiros e sociais podem ser um grande problema. Procurar ajuda é necessário.

Punheta vicia!

Cuidado, pois masturbação pode causar vício e problemas sérios de relacionamentos interpessoais. Isso poderá te deixar condicionado à masturbação. O sexo vai piorar, suas relações irão piorar! Provável que suas relaçõea amorosas sejam prejudicadas. Pense bem nisso! Há casos de pessoas que perdem vida social por isso, nem amigos conseguem ter. O vício em masturbação é algo que precisa ser tratado com o especialista.